Site Cultural de Ovar

22h00
Museu Júlio Dinis
entrada gratuita |sujeita à lotação do espaço
destinatários público de todas as idades
categoria experimental
duração 30’
+info museujuliodinis@cm-ovar.pt ou 256 581 378
organização Divisão da Cultura e Desporto | Câmara Municipal de Ovar
produção Museu Júlio Dinis

UIVO de Dóris Marcos

(no âmbito da exposição OS SAQUEADOS de Samuel Ornelas)



26 de junho de 2021

UIVO é uma performance de Dóris Marcos que procura refletir sobre a transformação e degradação de ecossistemas pela mão humana. A intérprete encontra um paralelismo entre as tragédias de Mariana e Brumadinho (Brasil) com a atual pandemia e todas as crises ambientais que o Homem se está a submeter. O Homem, permanece numa incessante exploração da natureza, é cego à sua autodestruição. Está perante um suicídio lento e anímico. UIVO é o grito abafado da mãe natureza, é o grito de todos os animais, o grito das florestas, dos rios, dos mares, e o grito dos filhos por nascer.

Dóris Marcos / Porto 1991 / Concluiu a licenciatura de Teatro - Interpretação na ESMAE (Porto, 2013 - 2016) e frequentou o curso de Atuação Cénica na UNIRIO (Rio de Janeiro, 2015). Atualmente trabalha como atriz, marionetista e criadora. O seu percurso incluí também a criação plástica do espetáculo e o seu foco principal reside na manipulação de formas animadas, no corpo e movimento e também na palavra, na voz e na sua musicalidade. Tem vindo a colaborar com diferentes companhias de teatro, tais como: Teatro de Ferro, Teatro Regional da Serra de Montemuro e Palmilha Dentada.