Site Cultural de Ovar

Museu Júlio Dinis
organização Divisão Cultura e Desporto | Câmara Municipal de Ovar
produção Museu Júlio Dinis - Uma Casa Ovarense
duração até 22 de maio 2022
info museujuliodinis@cm-ovar.pt ou 256 581 378

RESIDÊNCIA ARTÍSTICA DE RUI PEDRO LAMY

PRODUÇÃO DO DOCUMENTÁRIO JÚLIO DINIS EM OVAR



De 01 de dezembro de 2021 a 22 de maio de 2022

O Museu Júlio Dinis acolhe mais uma residência artística e, em 2021, propõe ao realizador Rui Pedro Lamy a produção de um documentário de carácter museográfico, tendo com objetivo retratar uma figura emblemática da literatura Portuguesa, Joaquim Guilherme Gomes Coelho. O médico e escritor português nasceu a 14 de novembro de 1839, no Porto, tendo falecido a 12 de setembro de 1871, na mesma cidade, e ficou conhecido pelo pseudónimo Júlio Dinis. Este documentário pretende fazer um retrato, um tanto cronológico, daquilo que foi a vida e obra de Júlio Dinis, focando a sua passagem por terras Vareiras, onde esteve hospedado no verão de 1863, 4 meses da sua vida dedicados à produção literária.
Rui Pedro Lamy é natural de Ovar, tendo nascido no Porto em 1983. Mestre em Comunicação Audiovisual, Especialização Fotografia e Cinema Documental – ESMAE-IPP Porto 2016; Pós-Graduação em Multimédia pela FEUP, Porto em 2010; Licenciatura Som e Imagem pela ESAD.CR, IPL de Leiria em 2007; Curso Profissional de Fotografia pelo Instituto Português de Fotografia – IPF Porto em 2005.
Rui Pedro Lamy é um realizador e produtor português com um percurso profissional que cruza a televisão e o cinema. Encontra-se atualmente, a desenvolver projetos na área do filme e fotografia documental, construindo ligações entre a ciência, a história, a tecnologia e a linguagem audiovisual.
No seu percurso profissional, trabalhou como operador de câmara e editor de vídeo na produtora Farol de Ideias, Porto, onde foi editor de programas como o Público Imobiliário, Radar de Negócios, Económico TV, entre outros. Posteriormente foi produtor e realizador na Um Segundo Filmes, produtora de cinema e televisão do Porto. Trabalhou como freelancer em diversos documentários e filmes institucionais, exercendo funções de realizador, diretor de fotografia, operador de câmara e montador.